Esbaths

Abaixo explicaremos cada esbbath em seu funcionamento interno, história, atividades, decoração, músicas, lendas... Enfim daremos dicas e informações úteis para que cada um possa criar seu próprio esbbath corretamente

A WICCA é uma Religião de equilíbrio e suas práticas religiosas seguem esse princípio com festejos Solares, expressos nos Sabaths, e com celebrações Lunares, expressas nos Esbaths. Cada período lunar corresponde a uma face/característica da Deusa, assim como cada período solar corresponde a uma face/característica do Deus. Sendo que em ambas as práticas os DEUSES são celebrados em igualdade, apenas simbolicamente os Esbbaths correspondem a Deusa e os Sabbaths ao Deus.

O período Lunar começa logo após a Lua Negra, com a chegada da Lua Nova, a primeira representa o aspecto de transformação/morte da Deusa, onde ela é vista em sua Face de Anciã, já a segunda representa o aspecto de inovação/nascimento da Deusa, e ela aparece em sua face de Jovem donzela. Após a Lua Nova a Deusa começa a amadurecer, percorrendo o período da Lua Crescente como uma Donzela em busca de sua fertilidade e força, as quais ela conquista no plenilúnio da Lua cheia onde ela torna-se Mãe. Depois ela começa a caminhar introspectiva pela Lua Minguante para torna-se a sábia Anciã que morre na Lua Negra, para retornar na Nova em um ciclo continuo de vida, morte e renascimento.

As influências energéticas provocadas pelo Magnetismo Lunar, que podem ser percebidas nas marés e ressacas, na menstruação das fêmeas são uma conseqüência direta desse ciclo de transmutação que ocorre em cada fase da Lua, e os Bruxos e BRUXAS , conscientes dessa influência interna e externa, celebram há milênios tais mudanças, que hoje na WICCA são chamadas de Esbaths